Loja Style Me – Moda Feminina e Acessórios Estilosos

Moda Feminina. Elegância ao seu alcance…


Deixe um comentário

Truques de styling para bombar suas redes sociais

Olá, meninas!

Provavelmente todas vocês, ou pelo menos a maior parte, está presente nas redes sociais, principalmente no Instagram. Estou errada? Só que, com o crescimento do uso desses sites e aplicativos, nós estamos sempre em busca de mais curtidas e comentários em nossas fotos, o que muitas vezes se torna até um vício. Obviamente, não podemos deixar que isso se torne uma doença, mas existem sim maneiras de aumentar as curtidas no seu Instagram. Foi feito um estudo com 7,6 milhões de imagens publicadas no Flickr e no Instagram que mostraram que alguns tons rendem mais likes do que outros, alguns looks fazem mais sucesso do que outros e por aí vai.

 

 

 

 

Segundo o estudo, a cor azul é a que rende mais likes em fotos nas redes sociais, seja ele no look da pessoa da foto, quanto na paisagem ou até no tom de luminosidade da imagem. Como essa é a cor do céu e do mar, não vai ser difícil conseguir uma foto incrível. Já para o visual, procure peças com um azul mais fechado, como o marinho, para contrastar ainda mais com outros tons de azul da paisagem. Outra cor que tem recebido destaque é a queridinha dos últimos tempos: rosa millennial. Esse rosa puxado para um tom pastel tem brilhado nas redes tanto nos looks como nos acessórios e ambientes.

 

 

 

Além de tons que rendem mais sucesso no Instagram, existem alguns truques de styling que também podem ajudar a ganhar mais likes. Normalmente, as tendências mais recentes e populares são as que se destacam mais, junto com aqueles looks super elegantes. Então, por que não apostar em um visual monocromático com tons de bege nesse inverno? O estilo que parece que você entrou em uma lata de tinta é uma tendência bastante atual e já que estamos no inverno, dá para fazer uso de peças finas como blazers, casacos e calças clochard.

 

 

Outra tendência super em alta nas redes sociais é a sobreposição. Não é de hoje que já ouvimos esse termo no mundo da moda e ele não cansa de ser o queridinho das blogueiras e it-girls pelo mundo. Uma peça ótima para montar esse look são os slip dresses, aqueles vestidos que mais parecem com uma camisola. Você pode colocar uma blusa de manga comprida por baixo e pronto, conseguirá usar essa peça verão também no inverno. Porém, não podemos esquecer também da sobreposição com sutiãs bralettes, em que a lingerie se torna a peça principal do look.

 

 

 

 

 

 

E aí, prontas para bombar as fotos nas redes sociais?

Anúncios


Deixe um comentário

1001 formas de usar listras!

Olá, meninas!

Se tem uma estampa que é considerada a queridinha e ainda é super democrática, essa é a listrada. Sim, ela pode ser usada por todas as mulheres, seja baixinha, alta, cheinha ou magrinha. Pode esquecer aquele mito de só mulheres altas e magras ficam bem com as listras, porque isso não é verdade. Qualquer biótipo pode usá-la, basta saber qual tipo de listra é o ideal para você. Além disso, esse estampado é bastante estiloso e elegante, o que permite criar diferentes looks, tanto para eventos mais despojados quanto para situações mais formais, e até de trabalho.

 

 

 

Agora vamos às dicas: como descobrir o tipo de listra ideal para você usar?

 Vamos começar pelas listras verticais, que quando colocadas como estampa, dão um efeito visual de diminuição, ou seja, vai dar a ilusão de que o corpo perdeu largura. Essas são as ideais para as mulheres com estaturas mais baixas e para as que estão acima do peso, pois as listras irão alongar a sua silhueta.

 

 

 

 

No caso das listras horizontais, o efeito é exatamente ao contrário. Elas dão volume ao corpo e, por isso, ficam melhores para as mulheres altas, magras, com pouco busto e ombro estreito.

Existem também as listras em V e geométricas, que não tem uma regrinha tão fixa como os outros dois tipos. Elas são boas para as mulheres com rosto redondo ou oval, mas devem ser evitadas pelas mulheres de ombros estreitos. Como ela possui um efeito parecido ao da listra vertical, se ele for colocado na cintura, por exemplo, irá afiná-la. Quem não quer uma cinturinha mais fininha, não é mesmo? 

 

Mas como inovar na hora de usar as listras? Essa padronagem está tão em alta nesse inverno, que ela passou a ser usada de diversas maneiras modernas e diferentes. O mix de estampas é, provavelmente, a mais popular, mas ainda é vista com mal olhares por muitas. Para não errar a mão na combinação, a dica é pegar duas padronagens que possuam a mesma cartela de cores, ou seja, tenham pelo menos uma cor em comum.

Você pode misturar as listras com estampas floridas ou até com xadrez, que também são destaques dessa temporada. Pode até misturar listra com listra, lembrando sempre das dicas de qual usar. Por exemplo, uma mulher magra, nem tão alta e nem tão baixa, pode usar uma blusa com listras horizontais e combiná-la com uma calça tracker, com listras verticais na lateral.  

Como estamos no inverno, temos que adaptar algumas roupinhas para esse clima bem mais ameno. Uma alternativa fácil é colocar um blazer quentinho por cima. Já nesse look você pode tentar o mix de estampas, ou se preferir a maneira clássica, é só escolher um blazer liso, seja da cor das listras ou até um mais colorido, para garantir um ponto de luz no look. Além do blazer, você pode optar também por cardigãs abertos ou fechados para se esquentar. Se preferir os fechados, você pode usar até com um vestido longo listrado e colocar a outra peça como uma sobreposição, um outro destaque dessa estação.

 

 

 

 

 

Prontas para arrasar com as listras?

Beijos,

www.lojastyleme.com.br


Deixe um comentário

Uma peça, mil opções: a versatilidade da camisa social

E aí, meninas!

Todas nós sabemos que existem algumas peças clássicas que são praticamente obrigatórias no guarda-roupa de qualquer mulher. Uma delas, sem dúvidas, é a camisa social. Mas engana-se quem acredita que esse modelo de camisa é de uso exclusivo em ambientes corporativos ou eventos super formais. As camisas sociais se modernizaram e modificaram tanto seu estilo que hoje você pode, inclusive, fazer diversos looks despojados e diferentes com ela, basta saber como usá-la e como combiná-la. Sem falar na tendência de camisaria repaginada, que nos apresentou várias camisas com modelos diferenciados, com ombros de fora, babados e outros detalhes, por exemplo.

 

 

 

Começando pelo mais fácil, temos o combo clássico de camisa social com calça. No entanto, esse não precisa ser um visual formal, basta sair da caixinha em relação à parte de baixo. Que tal uma calça jeans estilizada, com detalhes de recortes ou rendas, junto com a camisa social para dar uma quebrada na seriedade do look? Outra opção também é pegar outros estilos de calça como a carrot, que tem o comprimento mais curto, até a canela, calças de malha, mais larguinhas, calça clochardpantalona, que apesar de também serem formais, podem surpreender no look se tiverem uma cor mais vibrante. Para dar um toque feminino no visual, coloque apenas metade da camisa para dentro da calça e a outra parte para fora. Falando, parece que não vai fazer nenhuma diferença, mas garante sim um estilo a mais! 

 

 

 

 

Se a sua escolha for naquelas camisas sociais mais compridas e mais larguinhas, uma alternativa são as calças leggings, já que o comprimento maior da blusa não deixará que apareça uma possível calça marcando. Essas camisas mais largas podem ser também usadas com shorts, para os dias mais quentes. Mesmo que ele não apareça, dependendo dos comprimentos das duas peças, fica um visual legal, já que o short só ficará à mostra em alguns momentos. Essas camisas podem ser usadas também como uma terceira peça, colocando-a por cima de uma regata básica com short e deixando-a totalmente aberta.  

 

 

 

Para os passeios mais casuais e despojados, você pode apostar em fazer um nozinho na barra da camisa social. Basta deixar os últimos botões da camisa abertos e fazer um nó com as duas partes que sobrarem. Outra opção moderna e diferente para essas ocasiões é deixar somente os dois ou três primeiros botões da camisa abotoados e usar a camisa como se fosse uma capa. Por baixo, você pode usar algum sutiã bralette rendado para deixa-lo à mostra ou também uma regatinha básica, mais colada no corpo. Se preferir ser mais clássica, você pode também combinar uma camisa social com um short jeans, para deixar uma pegada jovial e despojada. Para ficar mais sexy e feminina, deixe alguns botões a mais abertos e aposte em um decote maior! 

 

 

 

 

Vamos apostar nessa peça incrível?

Beijos,

www.lojastyleme.com.br


Deixe um comentário

Tendência verde militar: o queridinho do inverno!

Olá, meninas!

As tendências do mundo da moda vivem um ciclo e se renovam a cada temporada. E dependendo de qual é a tendência e o quanto ela se popularizou, ela acaba voltando com bastante frequência para as ruas e passarelas. Uma que tem se destacado a cada ano, principalmente durante os invernos, é a Militar. Com influência dos anos 40, quando as mulheres passaram a apostar em roupas inspiradas nos uniformes verdes militares usados durante a guerra, o estilo militar prioriza principalmente o seu tom de verde clássico e peças com um ar mais bruto e masculino.

 

 

 

 

Só que, como muitos anos se passaram, a tendência não só se renovou como se modernizou bastante, tanto nas peças, como no modo de usar. Apesar de ainda termos a ideia de que o militarismo é sinônimo de masculinidade, essa é uma das desconstruções que aconteceram e ela pode sim fazer parte de um look super feminino. A dica mais fácil para conseguir esse toque feminino, é misturar peças militares com outras mais delicadas, para causar essa quebra. Uma alternativa também é combinar seus looks com um salto alto, o que já deixa o visual muito mais elegante e com toque de feminilidade.

Com essa tendência em alta no inverno, os casacos em alfaiataria, com grandes botões e de cores neutras, obviamente, não poderiam ficar de fora. Não há roupa que remeta mais à esse estilo do que esses blazers e jaquetas, que podem atuar como terceira peça ou até mesmo ser o grande destaque do visual. Por exemplo, você pode usar uma calça jeans com blusa básica e colocar um blazer por cima, e pronto. Vai sair de um look básico para um outro estiloso e diferenciado. Esses casacos também são ótimos aliados na hora de dar um contraste de peças delicadas com outras mais pesadas. Por que não aliar o blazer com um vestido bem menininha?

 

 

Um tecido que também remete bastante ao estilo militar é o couro. Portanto, pode apostar nas mais diversas peças feitos dele, mesmo aquelas que não tem tanto a cara da tendência. Isso porque, como disse antes, o militarismo se renovou bastante e hoje pode sim aparecer com peças diferentes, mas ainda contendo aquela pegada original. Você pode pegar uma saia de couro e combinar com uma blusa de botão, com peças em alfaiataria, e principalmente se forem naquele tom de verde exército. Apesar da saia, você ainda estará super dentro do estilo. Para looks mais pesados, mas ainda com um toque de sensualidade, a opção é apostar na queridinha calça de couro, que também pode ser colocada com qualquer tipo de blusa. Para quebrar a rigidez desse tipo de calça, uma alternativa é apostar na sobreposição de bralettes, com blusas com transparências, rendas ou com aberturas.

Se você é mais clássica, e prefere apenas usar roupas em verde militar, vá fundo! Seja vestido, saia, blusa, macaquinho, qualquer peça em verde exército também está super em alta e promete continuar aparecendo por um bom tempo. Como é um tom neutro, é difícil achar uma cor que não combine com ele. Caso prefira o tradicional, pode apostar no combo verde militar com o tom cáqui, que é o mais popular de todos. Outros tons neutros como bege, cinza e preto também produzem um visual bem sofisticado. Mas, se você gosta de ousar, pode tentar cores mais diferentes como vinho, azul, vermelho.. Por que não, não é mesmo?

 

Animadas para colocar essa tendência no seu dia-a-dia?

Beijos,

www.lojastyleme.com.br


Deixe um comentário

Folklore: a tendência do Inverno 2018!

Olá, meninas!

Vamos ser sinceras, não tem nada melhor do que vestir roupas confortáveis, não é mesmo? E se tem uma tendência que permite o uso dessas peças é a Folklore. Provavelmente, muitas ainda não a conhecem por esse nome, e sim apenas por Folk. Se ainda assim você não conhece, fique tranquila. Ela, nada mais é, do que uma tendência que lembra bastante o Boho, bem mais conhecido e popular nos últimos tempos. A ideia principal é mixar, sobrepor e abusar das peças e detalhes artesanais, com bastante cor e estamparias.

 

 

Assim como o Boho, o Folklore preza principalmente pelas peças larguinhas e bastante coloridas. A diferença principal entre essas duas tendências é que o Folklore abrange muito mais detalhes e tipos de roupa, já que é uma mistura entre os estilos country, western, hippie, ou seja, é um conjunto de vários estilos e culturas que remetem ao espírito nômade e folclórico das tribos urbanas. Por isso que o nome dessa tendência é Folklore, que em nosso português significa povo, nação, tribo, folclore.

 

Uma das peças mais usadas nessa tendência é a saia longa estampada. O intuito dela é ser bem confortável, bem larguinha e garantindo um movimento ao look. Como essa moda é mais adequada à eventos informais, você pode combinar a saia com uma blusa básica lisa branca, preta, ou em alguma cor que esteja presente na estampa, vai do gosto de cada uma. Como a saia já é larga, o ideal para não sobrecarregar visual, é colocar uma blusa mais justinha e básica. A ideia serve também para as calças pantalonas, que também são boas opções para aderir o estilo folk.

Das principais características do Folklore, estão os detalhes artesanais. Como é um estilo que vem de povos urbanos, mais simples, muitas peças são todas feitas à mão ou possuem algum bordado ou detalhe feito através de trabalho manual. Uma opção são as blusas em crochê, que podem ser usadas com shorts jeans, calças, saias, tendo cuidado apenas com o volume do look como um todo. Também devemos lembrar daquelas blusinhas com mangas ou outras partes trabalhadas, com rendas, crochês e bordados. Se ela for com decote ombro a ombro, estilo ciganinha, melhor ainda, pois ficará mais perto do universo do Folklore.

 

 

Como o principal no Folklore é se sentir confortável, com roupas larguinhas, numa vibe despojada e “não vou me importar com a opinião dos outros”, as batas e túnicas também são bastante usadas. Se elas tiverem um comprimento mais longo, podem ser usadas até como vestido. Se não forem tanto, podem ser combinadas com calças flare, ou qualquer outra peça tão confortável quanto. Para parecer ainda mais com o estilo, a ideia é pegar estampas bastante vibrantes, com elementos geométricos, étnicos e boêmios.

 

 

 

 

Dentro desse estilo também aparecem diversas peças em tecidos rústico, como a camurça e o suede, por exemplo. Essas roupas, principalmente se forem em cores terracota, também são a cara do Folklore. E, é claro, não podemos nos esquecer das franjas, sempre presentes nos armários dos adeptos dessa tendência. Pode colocar franja em tudo, blusas, casacos, vestidos, o que quiser. Só devemos ter cuidado com o local que você deseja colocar volume no look, já que as franjas causam exatamente esse efeito.

 

 

 

E aí, prontas para arrasar com o Folklore?

Beijos,

www.lojastyleme.com.br


Deixe um comentário

Slip Dress no inverno? Pode sim!

E aí, meninas!

Já está mais do que claro para todo mundo que o slip dress chegou há uns dois anos para o verão 2017 e simplesmente caiu no gosto de grande parte das mulheres. A peça, na verdade, surgiu nos anos 90, quando atrizes hollywoodianas e modelos, como Kate Moss, passaram a usar o vestido larguinho, de alça fina e que mais se parecia com uma camisola, nos mais diversos eventos, desde o street style e até em tapetes vermelhos. A ideia de hoje continua a mesma, o slip dress continua sendo super versátil e pode se adaptar à praticamente todas as ocasiões. E antes que perguntem, sim, ele pode e deve ser usado no inverno! Como ele pode ser usado de mil e uma maneiras, ele pode também ser adaptado ao frio!

 

 

 

 

A opção mais fácil e mais usada é a sobreposição do slip dress com uma blusa de frio. Pode ser uma blusa de manga comprida simples, lisa, ou até mesmo estampada, mas se preocupe em escolher uma estampa que tenha em uma de suas cores, a cor escolhida para o vestido. Isso vai deixar o look harmonioso e super estiloso. Mas, a escolha da camisa não precisa ser focada só nas de malha, ainda mais no frio. Por que não uma blusa de tricot, ou até de lã, com gola alta para botar por baixo do slip dress? Tudo é possível com essa peça mega democrática!

 

Outra opção clássica para apostar no slip dress no inverno é com um blazer. E, repetindo a minha fala sobre a versatilidade do slip dress, ele pode ser usado com blazers de qualquer comprimento. Acredite, ele ficará harmonioso tanto com blazers mais curtos quanto com os mais longos. Como nesse inverno os cardigãs é que estão roubando a cena, eles podem também ser a alternativa perfeita para o look. Com esses visuais, você pode ir à diversos eventos, desde um jantar à noite, um coquetel, ou até para uma balada, dependendo da formalidade ou não do blazer.

Ainda nessa vibe de apostar em uma peça por cima do slip dress, não podemos esquecer das jaquetas. Como as jaquetas, seja de jeans, suede ou até de moletom, são mais descoladas, informais, normalmente esses looks ficam melhores para ocasiões durante o dia e que não peçam tanta elegância e sofisticação. Mas, se a sua intenção com a jaqueta é exatamente quebrar um pouco da delicadeza que o slip dress traz, principalmente na sua versão longa, você pensou perfeito! Para looks dias com o vestido longo, por exemplo, o melhor é realmente quebrar esse ar dele com uma jaqueta curta descolada por cima.

 

 

Já o vestido curto combina melhor com jaquetas mais compridas:

 

 

 

Agora uma alternativa menos usada, mas que tem começado a fazer sucesso no inverno de 2018 e apostar o slip dress com uma calça. Sim, com calça! Nesse caso, o slip dress atuaria como uma blusa longa no look e não como vestido. Até porque, quem é antenada em moda sabe que por um pequeno tempinho esse ano, tentaram popularizar a tendência do vestido, normalmente midi, com calça, mas não deu muito certo. Só que, com um slip dress curto, ele vira mais uma bata do que outra coisa. Por que não tentar? O resultado vai te surpreender!

 

 

 

E aí, gostaram das dicas?

Beijos,

www.lojastyleme.com.br


Deixe um comentário

Anos 80 e 90: a moda que nunca saiu de moda!

Olá, meninas!

Quem é antenada em moda sabe: tendências novas estão sempre aparecendo, mas tendências passadas também estão sempre voltando e se renovando. Por conta disso, praticamente todas as décadas são conhecidas por alguma moda que marcou a época, e elas voltam recorrentemente às ruas e passarelas com o passar dos anos.  A escolha da vez para o inverno de 2018 foram os anos 80 e 90. Décadas com estilos muito ecléticos e cheios de personalidade, a moda dessa época é marcada por muita cor, extravagância e confiança.

 

 

 

 

 

Uma característica bem forte dessas décadas eram as calças. Vários tipos de calças diferentes surgiram nessa época e muitas estão presentes na vida das mulheres até hoje. Uma delas é a calça clochard, aquele modelo que tem o quadril mais solto e vai apertando na perna. Outra calça bastante usada era a pantalona, ou flare. Essas calças mais longas e largas, super fluidas, dão um lindo movimento ao visual e apareciam tanto lisas como estampadas. Podem ser usadas nas mais diversas ocasiões para dar um super up ao look. Não podemos esquecer também das calças de cintura alta, peça obrigatória no guarda-roupa de toda garota da época, e das calças coloridas! Herança da época dos punks, as calças bem cheias de cor continuaram a ser moda na década de 80 e eram usadas com outras peças com ainda mais cor.

 

 

 

 

Como era uma época bem extravagante, as mulheres também abusavam bastante das várias camadas de roupa. Por conta disso, o blazer era uma peça bastante usada e que continua super atual. Nos anos 80, como as mulheres estavam conquistando seu lugar no mercado de trabalho, o blazer surgiu para, de certa forma, elas se igualarem aos homens. Mas a peça se popularizou e hoje faz parte de looks super informais e descolados. O blazer hoje pode ser usado até mesmo em looks de festa e elegantes para ajudar a se esquentar. Outra peça que tem essa mesma ideia de várias camadas é o colete. Nos anos 80, sobrepor o colete sobre uma camiseta ou até vestido era bastante comum, e continuou sendo assim durante a década seguinte também. Hoje eles voltaram às ruas, principalmente em alfaiataria, que dá ao look um ar mais formal e elegante.

 

 

Não podemos esquecer da moda grunge, típica dos anos 80 e 90, que teve influência das bandas de rock da época. O estilo, que também permanece até hoje, faz bastante uso de peças largas, com cores escuras e a clássica camisa xadrez amarrada na cintura. A estampa xadrez, inclusive, é outra tendência forte das décadas passadas. O xadrez era e ainda é encontrado em qualquer peça de roupa e pode ser facilmente combinado com outras roupas xadrez, ou peças lisas. Na época, uma das peças mais usadas era a mini saia xadrez. Era quase obrigatório o look da saia xadrez com meia calça, bota e camisa lisa para o inverno, e pode super ser usado ainda hoje.

 

E aí, vamos começar o momento nostalgia e apostar nessa tendência?